Férias de verão sem stress? É possível

As longas  férias de verão podem ser uma fonte de preocupação para os pais. O que fazer com as crianças durante tanto tempo? Será que elas vão ficar entediadas de estar em casa? Na ânsia de oferecer o melhor para os filhos, muitas vezes levamos estímulos demais, desnecessariamente.

Em vez de todos os dias oferecermos uma coisa diferente para fazer, é importante também deixar a criança em casa para que ela brinque sozinha, invente atividades com a sua imaginação. O estímulo em excesso faz com que ela perca a iniciativa própria, dependendo sempre de algo de fora para se divertir.

Uma das premissas da educação Waldorf é aprender pela ação e pela arte. Nada mais apropriado do que deixar que as crianças criem sua própria brincadeira. É surpreendente ver como elas se divertem com qualquer coisa. E quando evitamos dar brinquedos eletrônicos ou outro que tenha instruções rígidas a seguir, podemos ver a imaginação dos pequenos florescer.

O ritmo diário também é importante. Na medida do possível, devemos manter os horários das refeições, das brincadeiras e da hora de dormir. As crianças ficam mais relaxadas se elas conseguem antecipar o que vem em seguida. Quanto mais rítmica a vida da criança, melhor a sua saúde. Podemos aproveitar para incluí-las no ritmo diário da casa, como arrumar a mesa para as refeições ou ajudar na preparação de um prato, por exemplo.

Na hora de sair com os filhos, além de parques e clubes, a rede SESC oferece boas oportunidades nas férias. As diversas unidades espalhadas pelo país possuem brinquedotecas inspiradas na pedagogia Waldorf. São brinquedos de madeira, bonecos de pano sem feições definidas, tecidos e outros itens que permitem o livre brincar.

Acima de tudo, vale lembrar que a criança aprende por imitação. Então relaxamento, calma e paciência devem ser exercitados como um mantra nesse período. Boas férias!!!

praticas-waldorf-para-ferias-1

Anúncios